Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

China segue removendo cruzes de igrejas cristãs

Tarciso Morais

Tarciso Morais

China remove cruzes de igrejas cristãs construídas pelo regime
COMPARTILHE

Autoridades chinesas removem cruzes de igrejas por estarem mais ao alto que a bandeira nacional.

Apesar de estar recebendo duras críticas pela forma como está lidando com a pandemia do coronavírus, o regime comunista da China continua reprimindo o Cristianismo.

Em março, as autoridades chinesas removeram várias cruzes em igrejas nas províncias orientais de Jiangsu, Anhui e Shandong.

De acordo com o portal Christian Post, membros do regime explicaram que símbolos religiosos não podem ficar posicionados em um patamar mais alto do que a bandeira nacional chinesa.

“O governo não fornece ajuda suficiente durante a epidemia, mas destrói as cruzes”, disse um fiel local à Bitter Winter, uma revista de liberdade religiosa.

A cruz de uma igreja na vila de Hexi foi retirada no dia 3 de fevereiro

Remover cruzes de templos religiosos cristãos vem sendo uma prática contínua do regime em Pequim

Autoridades chegaram a dizer aos líderes cristãos que as cruzes foram removidas porque “atrairiam pessoas para as igrejas”, segundo a emissora Fox News.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.