Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

China suspende importação de carne de 4 empresas da Austrália

Tarciso Morais

Tarciso Morais

China ameaça Austrália por investigação sobre origem da pandemia
COMPARTILHE

Pequim havia dito que consumidores deveriam evitar produtos australianos em resposta ao apoio do país a tal investigação.

A China suspendeu, nesta terça-feira (12), importações de carne bovina junto aos quatro maiores processadores de carnes da Austrália.

A medida é uma retaliação do regime comunista em meio a um azedamento nas relações após o governo australiano alertar para a importância de uma investigação sobre a origem do coronavírus.

A suspensão acontece apenas alguns dias após a China ter proposto a introdução de uma tarifa de 80% sobre os embarques de cevada australianos.

O ministro de Comércio, Simon Birminghan, descreveu a suspensão das importações como “decepcionante”, destaca a agência Reuters.

Birminghan negou, no entanto, que a decisão seja uma retaliação chinesa pelo desejo dos australianos de um inquérito sobre a pandemia.

A China vem rejeitando a necessidade de uma apuração independente sobre o assunto.

O embaixador para a Austrália em Pequim, Cheng Jingye, disse no final de abril, como noticiou a RENOVA, que consumidores chineses deveriam evitar produtos australianos em resposta ao apoio do país a tal investigação.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM