Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

China suspende importação de carne de 4 empresas da Austrália

China ameaça Austrália por investigação sobre origem da pandemia
COMPARTILHE

Pequim havia dito que consumidores deveriam evitar produtos australianos em resposta ao apoio do país a tal investigação.

A China suspendeu, nesta terça-feira (12), importações de carne bovina junto aos quatro maiores processadores de carnes da Austrália.

A medida é uma retaliação do regime comunista em meio a um azedamento nas relações após o governo australiano alertar para a importância de uma investigação sobre a origem do coronavírus.

A suspensão acontece apenas alguns dias após a China ter proposto a introdução de uma tarifa de 80% sobre os embarques de cevada australianos.

O ministro de Comércio, Simon Birminghan, descreveu a suspensão das importações como “decepcionante”, destaca a agência Reuters.

Birminghan negou, no entanto, que a decisão seja uma retaliação chinesa pelo desejo dos australianos de um inquérito sobre a pandemia.

A China vem rejeitando a necessidade de uma apuração independente sobre o assunto.

O embaixador para a Austrália em Pequim, Cheng Jingye, disse no final de abril, como noticiou a RENOVA, que consumidores chineses deveriam evitar produtos australianos em resposta ao apoio do país a tal investigação.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários