- PUBLICIDADE -

China tenta entrar no mercado de defesa do Brasil

Os chineses costumam ter preços mais baixos que os dos concorrentes nesse mercado.

- PUBLICIDADE -

O regime comunista da China está tentando entrar definitivamente no mercado de defesa do Brasil.

Além de aproveitar a dependência brasileira na cadeia de insumos da vacina contra o coronavírus, as lideranças de Pequim estão buscando avançar nos negócios com o governo de Jair Bolsonaro em outras frentes.

Atualmente, por exemplo, a diplomacia chinesa tenta emplacar a venda ao Exército Brasileiro de quase 100 blindados Norinco 8×8.

Norinco 8×8

Os chineses têm preços mais baixos que os dos concorrentes nesse mercado.

Agora, eles tentam fazer com que a licitação do governo brasileiro siga o critério de menor preço, não por tecnologia. 

A informação foi publicada, na última sexta-feira (23), pela revista Veja.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -