Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

China usa aborto e esterilização contra muçulmanos em Xinjiang

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
China usa aborto e esterilização contra muçulmanos em Xinjiang

A perseguição comunista contra a minoria muçulmana uigur na China já é bastante conhecida.

A China está utilizando abortos e métodos de controle de natalidade forçados para diminuir a população da minoria muçulmana uigur na província de Xinjiang

As informações, que estão presentes em estudo do pesquisador Adrian Zenz, da Alemanha, com dados do regime comunista chinês, foram publicadas em reportagem da Associated Press nesta segunda-feira (29).

Para impedir que as mulheres uigures ultrapassarem de cota imposta por Pequim, as autoridades chinesas as coagem para que se submetam a cirurgias de esterilização.

As mulheres também sofrem com ameaças de internação forçada em campos de reeducação se não quiserem abortar. 

Até mesmo as mulheres muçulmanas que têm menos de dois filhos são forçadas a inserir um DIU (Dispositivo Intrauterino) para não engravidarem. Algumas, depois de sair da China, descobrem que estão estéreis.

Referências: [1]

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email