- PUBLICIDADE -

China veta entrada de equipe da OMS para investigar pandemia

OMS rebate Trump ao sair em defesa da China
- PUBLICIDADE -

Com os empecilhos colocados pela China, a investigação das origens da pandemia não será fácil.

O regime comunista da China bloqueou a entrada no país de uma equipe da Organização Mundial da Saúde (OMS). 

O time de especialistas está investigando as origens do novo coronavírus, mas, segundo Pequim, os vistos de alguns dos integrantes estão com problemas. 

Formanda por membros de vários países, a equipe pretende investigar os primeiros casos de Covid-19, que foram detectados na cidade chinesa de Wuhan.  

OMS tenta enviar a expedição desde julho de 2020, mas a China segue relutante em concordar com uma investigação internacional independente no país. 

Nesta terça-feira (5), como noticiou a RenovaMídia, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, disse que estava “muito decepcionado”. 

Já o diretor-executivo da OMS, Mike Ryan, descreveu a notícia como “frustrante”, afirmando que havia o entendimento com a China de que parte do grupo começaria a viagem ontem. 

 “Nós não queremos colocar pessoas em voos desnecessariamente se não há uma garantia de que sua chegada na China seja bem-sucedida”, disse Ryan. 

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -