Cidadão dos EUA é acusado de espionagem na Rússia

Idiomas:

Português   English   Español
Cidadão dos EUA é acusado de espionagem na Rússia
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Um americano preso na Rússia foi acusado formalmente de espionagem, informou uma agência de notícias russa nesta quinta-feira (3).


Após a acusação formal, o caso de Paul Whelan foi enviado para o sistema de justiça da Rússia, aprofundando as tensões diplomáticas com os Estados Unidos.

O advogado russo Vladimir Zherebenkov, que foi nomeado para representar Whelan, foi citado dizendo que o americano permanecerá sob custódia em Moscou até pelo menos o dia 28 de fevereiro.

Não ficou claro se o processo judicial poderia começar antes dessa data ou onde Whelan poderia ser detido depois de fevereiro.

Whelan, de 48 anos, foi detido na semana passada pelos serviços de segurança interna da Rússia, enquanto estava em Moscou, pelo que foi descrito como uma “missão de espionagem”.

A família de Whelan nega as alegações e disse que teme por sua segurança. Whelan estava em Moscou para participar do casamento de um ex-fuzileiro naval, informa a “Gazeta do Povo“.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...