Cidadãos gregos entram em choque com migrantes na ilha de Lesbos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Vários focos de confrontos entre moradores e refugiados na ilha de Lesbos foram registrados na noite de segunda-feira (23).

A confusão começou depois que os cidadãos gregos tentaram remover um grande grupo de imigrantes ilegais que ocupava a praça da cidade de Mytilini. Os refugiados protestavam contra as péssimas condições em acampamentos para migrantes.

Um grupo de cerca de 200 moradores locais marchou contra os imigrantes que ocupavam a praça central da ilha nos últimos quatro dias. A polícia de choque foi convocada para proteger os refugiados da multidão furiosa.

Os imigrantes formaram duas correntes humanas com suas linhas sendo reforçadas por extremistas de esquerda que os apoiavam.

O prefeito de Lesbos, Spiros Galinos, disse que o protesto foi uma “reação espontânea”. Segundo ele, como resultado da crise migratória, a ilha “está carregando um enorme fardo” e era de se esperar que pessoas de crenças ideológicas extremas participassem dos protestos.

Matéria traduzida e adaptada de: [LesvoNews]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.