Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Cidade do Império Romano é mapeada com radar avançado

Cidade do Império Romano é mapeada com radar avançado
COMPARTILHE

“Essa tecnologia deve abrir oportunidades sem precedentes nas próximas décadas”, diz pesquisador.

Arqueólogos da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, e da Universidade de Gante, na Bélgica, conseguiram mapear uma cidade do Império Romano usando um radar avançado de penetração no solo (GPR). 

O município estudado é Nova Falérios, ao norte de Roma, na Itália. Ocupada pela primeira vez em 241 a.C., a cidade sobreviveu até cerca de 700 d.C

A tecnologia GPR emite ondas de rádio que, quando esbarram com algum objeto, registram um “eco” que permite aos cientistas fazerem o mapeamento dos monumentos ao redor do aparelho. 

O método é vantajoso porque permite que grandes áreas sejam estudadas sem precisarem ser escavadas, o que também possibilita o estudo de regiões urbanas.

A equipe descobriu um complexo de banhos, mercados, templo, um monumento público e até a extensa rede de encanamento da cidade. 

Imagem: Nova Falérios / Antiga cidade do Império Romano

Em declaração¹ à imprensa, Martin Millett, um dos pesquisadores, declarou:

“O nível surpreendente de detalhes que alcançamos e os recursos surpreendentes que o GPR revelou sugerem que esse tipo de pesquisa pode transformar a maneira como os arqueólogos investigam os locais [hoje] urbanizados.”

E acrescentou:

“Ainda temos muito a aprender sobre a vida urbana do Império Romano e essa tecnologia deve abrir oportunidades sem precedentes nas próximas décadas.”

Referências: [1]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários