Português   English   Español

Cidade de São Paulo tem mais de 200 ocupações irregulares

A cidade de São Paulo tem atualmente 206 ocupações que abrigam 45.872 famílias. Muitos desses imóveis estão sem manutenção e em péssimas condições estruturais.

Os dados são do Grupo de Mediação de Conflito, da Secretaria Municipal da Habitação. Entre as ocupações, existem terrenos e áreas edificadas, como prédios e cortiços.

A maior parte das ocupações está localizada na região Central da cidade. São 53 na região, o que corresponde a 25,73% do total. Essas ocupações reúnem 3.300 famílias.

De acordo com informações do G1:

Apesar de o Centro registrar o maior número de ocupações, a Zona Leste de São Paulo possui mais moradores que residem em ocupações. São 13.849 famílias nessa região, o que equivale a 30,19% do total. A região tem 45 ocupações e aparece em segundo lugar no ranking.

A Zona Norte de São Paulo aparece na terceira posição das regiões com o maior número de ocupações com 38 imóveis que abrigam 11.427 famílias.

Na região Sul há 31 ocupações em 8.716 famílias e no Extremo Sul foram mapeadas 12 ocupações onde residem 2.666 famílias. A região Sudeste reúne 27 ocupações com 5.914 famílias.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...