Cientista da China desaparece após editar genes de bebês

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Universidade nega que He Jiankui tenha sido preso. Cientista não é encontrado desde a última quarta-feira, após evento em Hong Kong.

O cientista chinês que diz ter editado genes de bebês, He Jiankui, está desaparecido, segundo jornais locais.

O paradeiro está desconhecido desde a quarta-feira (28), quando ele se pronunciou em evento científico em Hong Kong, e levanta suspeitas de que ele possa ter sido feito prisioneiro pelo regime comunista da China.

A Universidade de Ciência e Tecnologia do Sul negou, no entanto, as alegações de que seu ex-pesquisador esteja preso, registra o G1.

Um porta-voz da instituição disse ao “South China Morning Post” que “nenhuma informação está confirmada, apenas as que estão nos canais oficiais”.

Após as revelações recentes do cientista, o regime da China prometeu punição contra quem fizer testes genéticos com embriões humanos, noticiou a Renova.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.