Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Cientistas criam ‘cimento vivo’ que se auto regenera

REDAÇÃO RENOVA Mídia

REDAÇÃO RENOVA Mídia

Cientistas criam ‘concreto vivo’ que se auto regenera
Imagem: CU Boulder College of Engineering & Applied Science
COMPARTILHE

Uma mistura de gelatina, areia e cianobactérias é a receita para produção do “cimento vivo”.

Um grupo de cientistas da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, desenvolveu uma espécie de “cimento vivo”, repleto de bactérias fotossintéticas, que podem crescer e se regenerar.

O bioconcreto é produzido através de uma mistura de gelatina, areia e cianobactérias, que esfria de maneira semelhante à gelatina.

Após ser separada em três ocasiões distintas, a estrutura resultante foi capaz de se regenerar, sugerindo um potencial avanço no campo dos materiais de automontagem.

O “cimento vivo”, que foi desenvolvido em parceria com a agência governamental DARPA, nasce com uma cor verde-lodo que desaparece quando as bactérias morrem, de acordo com relatório publicado, nesta quarta-feira (15), na revista Matter.

A DARPA está bastante interessada em um material capaz de crescer sozinho, que pode ser utilizado para montar estruturas em áreas remotas do deserto, ou, potencialmente, até no espaço.

Se o “cimento vivo” puder alcançar um alto nível de confiança, ele poderá reduzir a quantidade — e o peso — de materiais que as agências espaciais precisarão levar em missões fora da Terra.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM