Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Cientistas criam tomate com medicamento para doença de Parkinson

Cientistas criam tomate com medicamento para doença de Parkinson
COMPARTILHE

Um experimento britânico elevou o nível da substância L-DOPA na fruta.

Um grupo de cientistas do Centro John Innes, no Reino Unido, produziu um tomate enriquecido com o medicamento L-DOPA para o controle da doença de Parkinson.  

A L-DOPA é a terapia padrão para a doença de Parkinson desde 1967 e é uma das substâncias consideradas essenciais pela Organização Mundial da Saúde (OMS).  

A forma mais comum da droga é sintética, mas também existem fontes naturais. 

Publicado em novembro no periódico Metabolic Engineering, o experimento britânico mostrou que uma nova fonte acessível da droga poderia ser o tomate. 

Os pesquisadores inseriram um gene em tomates que codifica a tirosinase, uma enzima que usa a tirosina para construir moléculas como a L-DOPA.  

O experimento elevou o nível da substância na fruta. 

O novo uso do tomate como fonte natural de Levodopa também oferece benefícios para pessoas que sofrem efeitos adversos, como náuseas e distúrbios comportamentais, causados pelo L-DOPA sintetizado quimicamente.  

O fruto foi escolhido pois pode ser produzido em larga escala e já oferece uma fonte natural padronizada e controlada de L-DOPA. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE