Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Cientistas da China tentam criam células sanguíneas resistentes ao HIV

REDAÇÃO RENOVA Mídia

REDAÇÃO RENOVA Mídia

Cientistas da China tentam criam células sanguíneas resistentes ao HIV
COMPARTILHE

Um experimento similar contra o vírus já tinha sido feito antes com animais.

Cientistas da China usaram uma técnica de edição de genes conhecida como CRISPR para tentar bloquear o vírus HIV, fabricando células sanguíneas resistentes à doença.

Apesar de já ter sido testado com animais, desta vez os cientistas modificaram o método e garantem que ele foi seguro em um teste clínico com um ser humano.

Os pesquisadores chineses modificaram células-tronco sanguíneas e células progenitoras provenientes de um doador — ambas são capazes de se diferenciar em diferentes tipos de tecido no organismo.

Depois, as células foram transplantadas em um paciente de 27 anos de idade que tinha leucemia e e era portador do vírus HIV.

Meses depois o paciente parou de tomar seu coquetel de medicamentos contra o HIV para descobrir se havia sido curado. Entretanto, a carga de vírus no organismo voltou a subir.

Mesmo que a técnica CRISPR não tenha sido completamente eficaz para alcançar uma cura, o experimento é uma grande conquista para os cientistas pois o voluntário não apresentou nenhum efeito colateral ao transplante.

Os pesquisadores chineses agora pretendem ter resultados superiores para chegar a um tratamento definitivo para o HIV.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM