Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Cientistas descobrem que corpos se movem até um ano após a morte

REDAÇÃO RENOVA Mídia

REDAÇÃO RENOVA Mídia

Cientistas descobrem que corpos se movem até um ano após a morte
COMPARTILHE

Com o apoio de uma câmera de time lapse, pesquisadores descobriram movimentos inesperados durante o processo de decomposição.

Cientistas descobriram que, por mais de um ano após a morte, os cadáveres podem se “movimentar” significativamente. A revelação pode dar um novo rumo as investigações forenses.

Pesquisadores da Australian Facility for Taphonimic Experimental Research (AFTER) — popularmente conhecida como “fazenda de corpos” — fizeram a surpreendente descoberta depois de usar uma câmera de time lapse para filmar um cadáver em decomposição, informa o site Olhar Digital.

A câmera capturou imagens aéreas do corpo a cada 30 minutos ao longo de 17 meses. Durante todo o período de captura de imagem, o cadáver apresentou movimentos.

A cientista médica Alyson Wilson, da Universidade Central de Queensland, na Austrália, declarou:

“O que descobrimos foi que os braços estavam se movendo significativamente. Eles estavam ao lado do corpo, mas acabaram se afastando.”

E acrescentou:

“Achamos que os movimentos se relacionam com o processo de decomposição, à medida que o corpo mumifica e os ligamentos secam. Esse conhecimento pode ser significativo nas investigações de mortes não explicadas.”

Como os cientistas forenses geralmente assumem que a posição de um corpo descoberto é a posição exata da hora da morte, essa descoberta pode mudar de maneira significativa a forma de interpretação da cena de um crime.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.