Cientistas usam nanotecnologia para destruir bactérias e fungos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Resistência a antibióticos é uma grande ameaça à saúde global, causando milhares de mortes por ano.

Um grupo de pesquisadores da Universidade RMIT, da Austrália, desenvolveu um novo revestimento contra as bactérias para ser usado em curativos e implantes. 

O material inovador demonstrou eficácia contra uma ampla gama de bactérias resistentes a medicamentos e células fúngicas.

Com o apoio da nanotecnologia, o revestimento deixou as células humanas praticamente ilesas.

A nova descoberta australiana foi baseada num material 2D ultrafino que tem sido muito pesquisado pelo setor de eletrônicos. 

De acordo com o site Phys, o pesquisador e co-líder da pesquisa, Dr. Aaron Elbourne, afirmou:

“Este é um avanço significativo, uma vez que estamos falando de patógenos responsáveis por enormes cargas de saúde.”

Elbourne destacou:

“À medida em que a resistência a drogas continua crescendo, a capacidade de tratar infecções se torna cada vez mais difícil.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.