Português   English   Español

Ciro diz que foi traído pelo PT e chama Leonardo Boff de ‘bosta’

Ciro diz que foi traído pelo PT e chama Leonardo Boff de 'bosta'

O candidato do PDT derrotado no primeiro turno das eleições conversou com o jornal Folha de S. Paulo.

Em entrevista à Folha, Ciro Gomes disse que foi “miseravelmente traído” por “Lula e seus asseclas”.

Segundo informações de O Antagonista, o pedetista declarou:

Fomos miseravelmente traídos. Aí, é traição, traição mesmo. Palavra dada e não cumprida, clandestinidade, acertos espúrios, grana (…).

E acrescentou:

Você imagina conseguir do PSB neutralidade trocando o governo de Pernambuco e de Minas? Em nome de que foi feito isso? De qual espírito público, razão nacional, interesse popular? Projeto de poder miúdo. De poder e de ladroeira. O PT elegeu Bolsonaro.

Todas as pesquisas, não sou eu quem estou dizendo, dizem isso. O Haddad é uma boa pessoa, mas ele, jamais, se fosse uma pessoa que tivesse mais fibra, deveria ter aceito esse papelão. Toda segunda ir lá visitar Lula, rapaz. Quem acha que o povo vai eleger pessoa assim? Lula nunca permitiu nascer ninguém perto dele.

Perguntado se votou em Fernando Haddad (PT), Ciro respondeu:

Vou continuar calado, mas você acha que votei em quem com a minha história? Eles podem inventar o que quiserem. Pega um bosta como esse Leonardo Boff [que criticou Ciro por não declarar voto a Haddad]. Estou com texto dele aqui. Aí porque não atendo o apelo dele, vai pelo lado inverso.

E levantou uma questão:

Qual a opinião do Boff sobre o mensalão e petrolão? Ou ele achava que o Lula também não sabia da roubalheira da Petrobras?

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...