- PUBLICIDADE -

Ciro é alvo de inquérito da PF por crime contra a honra de Bolsonaro

Confederação Israelita do Brasil processa Ciro por antissemitismo

PF abre inquérito para investigar Ciro Gomes por crime contra a honra de Bolsonaro.

- PUBLICIDADE -

O ex-candidato do PDT à Presidência da República em 2018, Ciro Gomes, virou alvo da Polícia Federal (PF) pela suposta prática de crime contra a honra do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O pedido de abertura de inquérito foi assinado pelo próprio presidente por meio da Subchefia de Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência e, posteriormente, conduzido pelo ministro da Justiça, André Mendonça.

Durante entrevista à Rádio Tupinambá, de Sobral (CE), em novembro de 2020, Ciro chamou Bolsonaro de “ladrão”.

O pedetista ainda citou o caso das “rachadinhas” que envolve os filhos de Bolsonaro ao falar sobre o ex-juiz Sérgio Moro:

“Qual foi o serviço do Moro no combate à corrupção? Passar pano e acobertar a ladroeira do Bolsonaro.”

Ciro completou:

“Por exemplo, o Coaf, que descobriu a esculhambação dos filhos e da mulher do Bolsonaro, que recebeu R$ 89 mil desse [Fabrício] Queiroz, que foi preso e é ladrão, ladrão pra valer, ligado às milícias do Rio de Janeiro. E onde estava o senhor Sérgio Moro? Acobertando.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -