PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Ciro é apontado como candidato ‘anti establishment‘ em 2022

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Ciro tomou para si o papel de anti establishment”, diz o jornalista da Veja.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A eleição presidencial de 2022 no Brasil ainda está distante, mas o alvoroço nas redações dos jornais e das revistas da mídia tradicional já começou.

Uma prova disso é a coluna publicada, nesta terça-feira (22), pelo jornalista Thomas Traumann, na revista Veja.

Com o título de “Ciro é o anti establishment em 2022”, o texto do jornalista conta parte da trajetória política do pré-candidato do PDT à Presidência da República.

Em sua coluna, Traumann afirmou:

“Ciro é hoje a alternativa mais viável, senão a única, para os nem-nem, aqueles que rejeitam Jair Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva.”

E acrescentou:

“Numa eleição em que um candidato é o presidente, o outro ocupou o cargo por oito anos e a turma do dinheiro olha com desconfiança, Ciro tomou para si o papel de anti establishment.” 

O jornalista da Veja completou:

“Se o Ciro de 2002 e 2018 já não tinha freios na língua, o Ciro de 2022 é o anjo vingador que bate em Bolsonaro e Lula com a mesma falta de piedade e iguala ambos em um tribunal particular.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.