Português   English   Español

Ciro Gomes afirma que a direita não venceu as eleições

Ciro afirmou que quem ganhou as eleições de outubro não foi a direita, mas o antipetismo.

Na primeira entrevista concedida após uma cirurgia na próstata, o candidato derrotado à Presidência, Ciro Gomes, nega que a eleição de Jair Bolsonaro configure um risco à democracia brasileira.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, ele também afirmou que é preciso respeitar “o tempo e a majestade da vitória do camarada”.

No entanto, apesar de respeitar a vitória de Bolsonaro, o pedetista Ciro Gomes minimizou a força da direita brasileira:

Não tem essa direita. Essa daí só se reuniu para negar. E nisso é indispensável refletir a contribuição do PT.

Ele acrescentou:

Não ganhou a direita, ganhou o antipetismo. Se não, eu seria obrigado a achar que 65% do Rio Grande do Sul é fascista, de direita, e sei que não é. Precisa tomar um pouco de cuidado com essa mistificação petista.

E, para finalizar, Ciro colocou a culpa pela força de Bolsonaro no PT:

O PT produziu essa onda [bolsonarista], que é a maior força política, mas é uma força para negar.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter