Ciro Gomes afirma que a direita não venceu as eleições

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Ciro afirmou que quem ganhou as eleições de outubro não foi a direita, mas o antipetismo.

Na primeira entrevista concedida após uma cirurgia na próstata, o candidato derrotado à Presidência, Ciro Gomes, nega que a eleição de Jair Bolsonaro configure um risco à democracia brasileira.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, ele também afirmou que é preciso respeitar “o tempo e a majestade da vitória do camarada”.

No entanto, apesar de respeitar a vitória de Bolsonaro, o pedetista Ciro Gomes minimizou a força da direita brasileira:

Não tem essa direita. Essa daí só se reuniu para negar. E nisso é indispensável refletir a contribuição do PT.

Ele acrescentou:

Não ganhou a direita, ganhou o antipetismo. Se não, eu seria obrigado a achar que 65% do Rio Grande do Sul é fascista, de direita, e sei que não é. Precisa tomar um pouco de cuidado com essa mistificação petista.

E, para finalizar, Ciro colocou a culpa pela força de Bolsonaro no PT:

O PT produziu essa onda [bolsonarista], que é a maior força política, mas é uma força para negar.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.