Português   English   Español

Cirurgia de Bolsonaro deve colocar Mourão na Presidência por 2 semanas

Com o adiamento da cirurgia do presidente eleito Jair Bolsonaro para depois da posse, o vice-presidente, general Hamilton Mourão, deverá assumir a Presidência por pelo menos duas semanas.

Duas semanas é o tempo médio estipulado pela equipe médica para recuperação da operação de retirada da bolsa de colostomia.

A cirurgia foi adiada após Jair Bolsonaro passar por exames na sexta-feira (23), que indicaram inflamação do peritônio (membrana da parede do abdome).

Inicialmente, a nova cirurgia estava prevista para 12 de dezembro, com tempo suficiente para a recuperação total antes da posse.

Com o adiamento, não há previsão de quando a nova cirurgia ocorrerá. Bolsonaro voltará ao Albert Einstein para uma nova avaliação médica em janeiro, quando será marcada a operação.

Os médicos calculam que, assim que for operado, Bolsonaro terá de ficar pelo menos cinco dias hospitalizado novamente no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Inicialmente, numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Depois, permanecerá cerca de dez dias em casa.

 

Adaptado da fonte Globo

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter