Cisjordânia é foco da visita do chanceler dos EUA a Jerusalém

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Esta é a primeira viagem ao exterior do principal diplomata norte-americano em quase dois meses. 

Mike Pompeo, chanceler dos Estados Unidos, chegou a Jerusalém, nesta quarta-feira (13), para discutir o projeto de anexação israelense da Cisjordânia.

Além da criação de um Estado da Palestina, o plano dos EUA para o Oriente Médio prevê a anexação do vale do Jordão e das mais de 130 colônias de Israel na Cisjordânia.

“A decisão será tomada por Israel, e eu quero saber o que o novo governo pensa sobre esse assunto”, disse Pompeo em entrevista recente.

Na última década, sob o mandato do premiê Benjamin Netanyahu, a população das colônias israelenses aumentou em 50%, chegando a mais de 450 mil pessoas na Cisjordânia, destaca a agência France-Presse.

Na véspera da chegada de Pompeo, como noticiou a RENOVA, um soldado do Exército hebreu foi morto por uma pedra lançada por um terrorista palestino em uma vila no norte da Cisjordânia.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.