Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

‘Cloroquina mostra redução de tempo em leito de UTI’, diz Mandetta

Tarciso Morais

Tarciso Morais

70 hospitais do Brasil vão testar cloroquina em infectados por coronavírus
COMPARTILHE

O remédio está liberado para uso em pacientes graves e em ambiente hospitalar no Brasil.

O ministro da Saúde, Henrique Mandetta, afirmou, nesta terça-feira (31), que um estudo mostrando os efeitos da cloroquina em pacientes com coronavírus que estão em estado grave será publicado nas próximas horas.

Em entrevista coletiva, Mandetta disse que a pesquisa revela que o uso do medicamento diminuiu o tempo médio de internação em UTI.

“É um primeiro passo que ajuda na conta dos leitos”, afirmou Mandetta, segundo o site Metrópoles.

O ministro enfatizou que não há qualquer evidência científica de que a cloroquina tenha ação profilática, ou seja, de prevenção, ou em casos leves da Covid-19, doença causada pelo vírus.

Os laboratórios químicos das Forças Armadas do Brasil aumentaram a produção de álcool em gel e de cloroquina. A produção em caráter emergencial acontece de forma conjunta em três laboratórios localizados no Rio de Janeiro, como noticiou a RENOVA.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM