CNJ quer explicações sobre perfil paródia de Gabriela Hardt no Twitter

Idiomas:

Português   English   Español
CNJ quer explicações sobre perfil paródia de Gabriela Hardt no Twitter
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Humberto Martins, ministro do CNJ, pediu nesta sexta-feira (15) explicações à juíza Gabriela Hardt por causa de um perfil fake no Twitter que fez críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) quer saber se a juíza deu autorização para a utilização de seu nome no perfil “juíza Gabriela Hardt sincera”.

Caso a magistrada não tenha relação com a conta, o ministro Humberto Martins quer saber se Gabriela Hardt tomou alguma providência para que ela seja excluída.

O perfil no Twitter não esconde de ninguém que é dedicado aos “fãs da juíza” e não tem “qualquer vínculo” com ela. Está na biografia da conta na rede social.

Segundo o Conselho, Hardt tem 15 dias para prestar explicações sobre o perfil paródia no Twitter.

Hardt ganhou notoriedade por substituir o juiz Sergio Moro no julgamento dos processos da Operação Lava Jato.

Curta, siga e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
SIGA A RENOVA NO TWITTER

Deixe seu comentário...

Veja também...