CNN recusa convite e anuncia boicote à festa de Natal da Casa Branca

Sofrendo com as críticas constantes de Trump, a emissora disse que seria inadequado aceitar o convite e celebrar o Natal com o Presidente dos EUA.

O evento anual, agendado para sexta-feira (01/12), geralmente é visto como um momento em que os jornalistas podem se misturar livremente com os membros da administração.

Desde que Trump começou sua caminhada até a Casa Branca, a CNN foi uma das mídias que mais o atacou e, consequentemente, recebeu várias críticas de volta.

Um representante da CNN disse ao jornal POLITICO:

À luz dos contínuos ataques do Presidente à liberdade da imprensa e à CNN, não sentimos que seja apropriado celebrar com ele como convidados.

Em resposta à declaração da CNN, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, celebrou no twitter:

Natal chegou mais cedo! Finalmente, boas notícias da CNN.

Nos últimos dias, você viu por aqui que a guerra entre a principal representante da mídia globalista e o presidente Trump está cada vez mais inflamada.

Enquanto jornalistas da CNN pedem o banimento do termo fake news, Donald Trump sugeriu a criação de uma premiação para as mídias mais desonestas do país.

 

Com informações de: (1)
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *