- PUBLICIDADE -

CNN corta laços com jornalista que clamou por novo Hitler

CNN corta laços com jornalista que clamou por novo Hitler
- PUBLICIDADE -

“Não trabalhará com a CNN novamente”, diz a emissora sobre o jornalista.

O mundo hoje precisa de um Hitler”, escreveu Adeel Raja, jornalista freelancer da CNN, em seu perfil verificado pelo Twitter.

Publicada no domingo (16), a mensagem foi, posteriormente, apagada por Raja, que é do Paquistão, mas participou de algumas matérias da CNN ao longo dos últimos anos.

A mensagem foi publicada pelo jornalista ao comentar sobre a crise recente entre Palestina e Israel.

Foto: Reprodução/Twitter

Após tomar conhecimento da publicação feita por Raja, a emissora dos Estados Unidos cortou os laços com o jornalista.

“À luz dessas declarações abomináveis, ele não trabalhará com a CNN novamente em qualquer posição”, disse 

Em resposta ao jornal Washington Examiner, o porta-voz da CNN, Matt Dornic, declarou:

“Adeel Raja nunca foi funcionário da CNN. Como freelancer, suas reportagens contribuíram para alguns esforços de coleta de notícias em Islamabad.”

E acrescentou:

“No entanto, à luz dessas declarações abomináveis, ele não trabalhará com a CNN novamente em qualquer posição.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -