Português   English   Español
Português   English   Español

Colômbia afirma que guerrilha ELN recruta menores na Venezuela

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Colômbia afirma que guerrilha ELN recruta menores na Venezuela

Segundo o líder colombiano, além de ajudar na recrutamento de menores para guerrilha ELN, Maduro protege os dissidentes das FARC.

O presidente da Colômbia, Iván Duque, afirmou que a guerrilha comunista Exército de Libertação Nacional (ELN) recruta menores de idade na Venezuela com a anuência do ditador Nicolás Maduro.

Em entrevista à agência EFE, nesta terça-feira (17), Duque declarou:

“Em território venezuelano, Nicolás Maduro, o ditador da Venezuela, está protegendo [o ELN]. Está dando dinheiro e está patrocinando o recrutamento de crianças para exercer mineração ilegal em lugares do território venezuelano.”

O presidente da Colômbia acrescentou que, além disso, “os líderes do ELN estão na Venezuela protegidos por Nicolás Maduro”.

O governo anterior da Colômbia e o ELN iniciaram em fevereiro de 2017 em Quito uma negociação de paz que em maio do ano seguinte foi transferida a Havana, onde a última rodada de diálogos terminou três meses depois sem nenhum acordo.

Duque reiterou:

“Eu fui claro com o ELN. O ELN não pode continuar realizando atividades criminosas e fingir que vai falar sobre paz com este governo.”

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.