- PUBLICIDADE -

Colômbia culpa guerrilhas armadas por protestos violentos

REUTERS
Foto: Reprodução/Reuters
- PUBLICIDADE -

"A Colômbia enfrenta ameaças particulares de organizações criminosas”, diz ministro.

Diego Molano, ministro da Defesa da Colômbia, culpou, nesta segunda-feira (3), grupos armados ilegais por saques e vandalismo durante protestos violentos contra o projeto de reforma tributária.

Molano disse que os vândalos foram financiados e organizados pelas guerrilhas de esquerda: Exército de Libertação Nacional (ELN) e Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

O ministro da Defesa declarou:

“A Colômbia enfrenta ameaças particulares de organizações criminosas que estão por trás destes atos violentos.”

E acrescentou:

“Estamos entristecidos por todos aqueles que perderam a vida devido a ações criminosas durante estes protestos.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -