Colômbia defende esforço internacional para conter crise migratória

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A Colômbia não tem capacidade para aguentar sozinha a chegada de milhares de migrantes fugindo da ditadura Maduro na Venezuela.

A declaração foi feita nesta terça-feira (11) pelo chanceler Carlos Holmes Trujillo, que defendeu novamente um esforço internacional para atender esse problema.

O chanceler afirmou:

A Colômbia não pode suportar esta situação sozinha, nós estamos fazendo um grande esforço, se vão continuar fazendo maiores esforços, mas a magnitude da crise é tamanha que não temos a capacidade suficiente para atendê-la.

O ministro das Relações Exteriores assegurou que a Colômbia, que recebeu ajuda dos Estados Unidos, insistirá em impulsionar “medidas e ações concretas” no plano nacional, regional, multilateral e internacional para enfrentar a onda migratória.

Entre elas, reiterou a necessidade de criar um fundo multilateral de emergência, e de nomear um alto funcionário das Nações Unidas para que coordene as ações orientadas a enfrentar a emergência.

 

Adaptado da fonte AFP

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque