Colômbia denuncia plano do ditador Maduro para fraudar eleição

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A ditadura venezuelana de Nicolás Maduro está levando cidadãos da Colômbia para votar na eleição do próximo domingo (20).

O presidente colombiano Juan Manuel Santos denunciou nesta quinta-feira (17) em mensagem na TV:

Por fontes de inteligência confiáveis, temos conhecimento de um plano do regime de Maduro, iniciado no final do ano passado, para documentar e transportar cidadãos colombianos para que votem no próximo domingo, 20 de maio.

E acrescentou:

O plano detalha a forma, os procedimentos e os valores pagos para garantir o movimento dos eleitores e seu voto favorável a Maduro.

De acordo com informações da VEJA:

O presidente da Colômbia informou que deu “instruções” à força pública para “redobrar os controles fronteiriços” e evitar “ao máximo o trânsito ilegal de eleitores”.

Santos destacou que “manobras” como esta confirmam sua decisão de não reconhecer os resultados das eleições presidenciais de domingo.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.