Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Colômbia denuncia vínculos de Maduro com narcotráfico e terrorismo

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Iván Duque e Nicolas Maduro
COMPARTILHE

Colômbia faz fronteira de 2.200 quilômetros com a Venezuela. Tensão segue alta entre os países.

Iván Duque, presidente da Colômbia, denunciou, nesta terça-feira (22), que a ditadura de Nicolás Maduro, na Venezuela, é financiada com recursos do narcotráfico, abriga terroristas e é uma ameaça global contra a democracia.

Durante discurso virtual na Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU), Duque declarou:

“O regime ditatorial de Maduro se sustenta com os recursos do narcotráfico, abriga terroristas e é uma ameaça constante à democracia na região e em todo o mundo.”

O presidente colombiano também pediu a rejeição das próximas eleições para renovar o parlamento venezuelano:

“Precisamos fazer um apelo enérgico a todas as nações do mundo para que levantem suas vozes exigindo eleições verdadeiramente livres, e não a orquestra eleitoral pré-fabricada à qual querem conduzir o povo venezuelano neste mês de dezembro apenas para perpetuar a ditadura.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram