Português   English   Español
Português   English   Español

Colômbia desarticula quadrilha de tráfico sexual infantil

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O presidente eleito da Colômbia, Iván Duque, prometeu intensificar os esforços para combater o tráfico sexual na cidade turística de Cartagena após a prisão de 18 pessoas acusadas de explorar sexualmente de mais de 250 mulheres e meninas.

Entre os detidos no final de semana estão estrangeiros, donos de hotel, policiais e uma colombiana conhecida como “Madame”, que as autoridades dizem comandar um quadrilha de tráfico sexual.

As acusações incluem recrutar e vender meninas de 14 a 17 anos para o comércio sexual em Cartagena e no exterior e forçá-las e fazer sexo com locais e turistas.

Cartagena, localizada no litoral caribenho do país, atrai centenas de milhares de turistas estrangeiros que visitam suas fortificações e praças da era colonial todos os anos.

Mas a operação de três dias, que terminou no domingo, também expôs o abuso sexual infantil generalizado.

“Não permitiremos que Cartagena se transforme em um destino de turismo sexual”, escreveu Duque no Twitter na segunda-feira (30), prometendo “atacar o tráfico humano e a exploração de mulheres em nossas cidades e destinos turísticos”.

Em outros tuítes, Iván Duque, que toma posse como presidente da Colômbia em 7 de agosto, disse que aqueles que forem condenados deveriam receber as maiores penas de prisão possíveis – até 40 anos – para ajudar a impedir a recorrência de tais crimes “atrozes”.

 

Adaptado da fonte Reuters Brasil

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!