PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Colômbia diz que dissidentes das Farc sequestraram jornalistas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O chefe dos dissidentes das Farc é o responsável pelo sequestro dos três trabalhadores do jornal equatoriano “El Comercio” na fronteira com a Colômbia.

As informações foram confirmadas nesta quarta-feira (28) por fontes oficiais da Colômbia. O grupo de guerrilheiros dissidentes da Farc responsável pelo sequestro é liderado por Walter Patricio Artízala Vernaza, conhecido como “Guacho”.

O comandante das Forças Militares colombianas, general Alberto Mejía, disse à RCN Rádio que as informações de inteligência permitiram estabelecer que o guerrilheiro e os homens sob o seu comando sequestraram os dois jornalistas e o motorista do jornal na segunda-feira (26) em uma zona de fronteira com o Equador.

O general Mejía declarou:

Esta área limítrofe no setor dos rios Mira e Mataje, entre Nariño e o Equador, é onde esse grupo que antes era parte das Farc e agora se chama Grupo Armado residual Oliver Sinisterra.

O líder do grupo de dissidentes, esclareceu o comandante, “é o terrorista ‘Guacho’ e é, sem dúvidas alguma, a pessoa responsável pelo atentado às torres de energia em Tumaco e pelo sequestro dos jornalistas”.

O ministro equatoriano do Interior, César Navas, confirmou ontem o sequestro de três trabalhadores na província de Esmeraldas, fronteiriça com a Colômbia.

Além disso, o funcionário equatoriano manifestou que presume-se que os sequestrados “estejam na Colômbia”.

No entanto, nesta quarta-feira, o ministro colombiano de Defesa, Luis Carlos Villegas, assegurou que, por enquanto, não existe informações que indique que os sequestrados tenham sido levados à Colômbia.

 

Com informações de: [EFE]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.