Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Colômbia, Guatemala e Honduras rotulam Hezbollah como grupo terrorista

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Reino Unido reforça combate ao grupo terrorista Hezbollah
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

Países seguem adotando o rótulo de “terrorista” para o grupo libanês Hezbollah.

Os governos da Colômbia, da Guatemala e de Honduras declararam, nesta segunda-feira (20), que passarão a classificar o Hezbollah como uma organização terrorista.

Financiado e treinado pelo regime islâmico do Irã, o Hezbollah tem sede no sul do Líbano, onde atua na forma de milícia armada e como um partido político.

Na primeira escala de uma viagem pela América Latina e pelo Caribe, o chanceler dos Estados Unidos, Mike Pompeo, participou de uma conferência regional realizada em Bogotá voltada para a luta contra o terrorismo.

Em discurso, Pompeo destacou o novo posicionamento da Colômbia sobre o Hezbollah:

“Tomamos nota do que acabamos de escutar do presidente [colombiano Iván] Duque. Nossa amiga e aliada Colômbia declarou o Hezbollah como uma organização terrorista. Espero que outras nações tomem medidas similares contra este grupo e outras organizações terroristas.”

Oficialmente, o Brasil só considera como terroristas os grupos al-Qaeda e Estado Islâmico.

Em um comunicado conjunto, segundo o jornal O Globo, o governo Jair Bolsonaro afirmou que os países participantes “expressaram sua preocupação com as atividades que redes do Hezbollah continuam a realizar em algumas áreas do hemisfério ocidental”.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram