Português   English   Español
Português   English   Español

Colômbia insiste que Cuba entregue guerrilheiros comunistas do ELN

Colômbia insiste que Cuba entregue guerrilheiros comunistas do ELN
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Autoridades da Colômbia reforçam pedido para que a ditadura de Cuba entregue guerrilheiros comunistas do Exército da Libertação Nacional (ELN) escondidos na ilha após ataque terrorista que deixou mais de 20 mortos.

Cuba é a nação responsável por mediar as negociações de paz entre o governo da Colômbia e o ELN.

Em um artigo publicado nesta segunda-feira (21), o grupo guerrilheiro declarou ser responsável pelo atentado com um carro-bomba que deixou 21 mortos e mais de 68 feridos em Bogotá.

No sábado (19), o presidente Iván Duque enviou um forte recado aos terroristas e pediu a Cuba, onde vários líderes da organização estão localizados, que os prendesse, conforme noticiou a RENOVA.

Durante uma coletiva de imprensa nesta terça-feira (22), o chanceler colombiano reforçou o pedido do presidente Duque para que Cuba extradite dez líderes rebeldes que estão abrigados no país.

Carlos García declarou, segundo a “Jovem Pan“, que medidas serão tomadas contra os responsáveis pelo ataque:

“A Comissão Interamericana de Direitos Humanos afirma que o Estado tomará todas as medidas necessárias para investigar os fatos, julgar e punir os responsáveis por esses graves fatos que constituem o ataque mais grave registrado em 10 anos na cidade de Bogotá.”

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!