Português   English   Español

Colômbia pede cerco diplomático contra a ditadura Maduro

Colômbia pede cerco diplomático contra a ditadura Maduro

O presidente da Colômbia, Iván Duque, pediu à comunidade internacional para “cercar diplomaticamente” a “ditadura” da Venezuela após a “posse” de Nicolás Maduro nesta quinta-feira (10).

Em mensagem publicada no Twitter, o presidente da Colômbia declarou:

A decisão da Organização dos Estados Americanos (OEA) de não reconhecer a legitimidade do regime de Nicolás Maduro é a confirmação de denúncias da Colômbia e da luta do Grupo de Lima para restabelecer a democracia na Venezuela. É um chamado à comunidade internacional para cercar diplomaticamente a ditadura.

Mais cedo, a Organização dos Estados Americanos (OEA) aprovou uma resolução de não reconhecer a legitimidade do novo mandato de Nicolás Maduro, que vai até 2025.

Além disso, a organização pediu a convocação de novas eleições no país em uma “data próxima”, com observação internacional, conforme noticiou a RENOVA.

Maduro assumiu nesta quinta-feira (10) um segundo mandato de seis anos como “presidente” da Venezuela depois de vencer uma eleição classificada como “ilegítima” por grande parte da comunidade internacional.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...