Português   English   Español

Colômbia pede inabilitação da Odebrecht no país por 20 anos

Colômbia pede inabilitação da Odebrecht no país por 20 anos
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Vice-presidente colombiana pede inabilitação da Odebrecht no país por 20 anos em razão dos casos de corrupção.


A vice-presidente da Colômbia, Marta Lucía Ramírez, e a Agência Nacional de Defesa Jurídica do Estado pediram nesta segunda-feira (19) a inabilitação da Odebrecht no país por 20 anos como consequência dos casos de corrupção com os quais está envolvida.

A solicitação se fundamenta nos enormes “prejuízos patrimoniais e extrapatrimoniais” causados pela construtora do Brasil ao país, “além do dano ético e moral, corrompendo diferentes níveis da administração pública”, indicaram os reclamantes em comunicado.

Segundo documentos divulgados pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a Odebrecht pagou US$ 788 milhões em subornos em 12 países da América Latina e da África, entre eles a Colômbia, onde repassou mais de US$ 11 milhões entre 2009 e 2014.

No entanto, o Ministério Público colombiano afirmou depois que as propinas supostamente pagas pela construtora na Colômbia foram maiores e alcançaram US$ 26,8 milhões.

 

Adaptado da fonte EFE

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...