Colômbia usará drones com herbicidas no combate à cocaína

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O presidente Juan Manuel Santos diz que governo pretende erradicar 110 mil hectares, após Washington revelar aumento recorde na produção de coca no país. A medida é “sem precedentes” na história do combate ao narcotráfico.

O governo da Colômbia anunciou nesta terça feira (27) que utilizará drones para pulverizar as plantações de coca do país com herbicidas, a fim de combater o aumento sem precedentes da produção de cocaína.

A decisão anunciada pelo presidente Juan Manuel Santos veio no dia seguinte à divulgação de um relatório pela Casa Branca, que apontou uma expansão recorde da área de cultivo de coca para 209 mil hectares em 2017, representando um incremento de 11%.

Esse crescimento fez com que a produção potencial de cocaína na Colômbia aumentasse 19%, com a possibilidade de chegar a 921 toneladas.

Há três anos, Santos havia proibido a pulverização de herbicidas com a utilização de aviões, após o Tribunal Constitucional do país apontar riscos ambientais e de saúde.

O presidente explicou que os drones voam mais baixo, com riscos semelhantes ao da aplicação dos herbicidas pelas equipes em terra. Além desse recurso, serão utilizados tratores especiais para a erradicação dos cultivos ilegais.

 

Com informações de BOL

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.