Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Comandante das Forças Armadas sugere renúncia de Morales

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Comandante das Forças Armadas sugere renúncia de Morales na Bolívia
COMPARTILHE

Após uma fraudulenta reeleição, está cada vez mais difícil para Morales se manter no poder na Bolívia.

O comandante das Forças Armadas da Bolívia, general Williams Kaliman, sugeriu que o mandatário Evo Morales renuncie ao seu mandato de presidente.

A informação foi confirmada na tarde deste domingo, 10 de outubro, pelo jornal local El Deber.

Na manhã de hoje, a Organização dos Estados Americanos (OEA) informou que uma auditoria encontrou várias irregularidades no processo eleitoral que terminou com a reeleição de Morales para um quarto mandato presidencial.

Com base no relatório, Morales aceitou organizar novas eleições, mas a decisão não está sendo suficiente para evitar efeitos colaterais de alta intensidade no seu governo.

O Ministro de Mineração, César Navarro, pediu demissão. Ele se tornou a primeira baixa do governo Morales. Horas depois, o ministro dos Esportes, Tito Motano, também abandonou a gestão.

Minutos atrás, a ministra do Planejamento, Mariana Prado, renunciou ao cargo pedindo a pacificação do país.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram