Português   English   Español

Começou julgamento de extremistas da ANTIFA que vandalizaram a capital dos EUA durante posse de Trump

Durante a baderna, seis policiais ficaram feridos, empresas foram vandalizadas, várias pessoas foram atacadas e uma limusine foi incendiada.

Em 20 de janeiro de 2017, milhares de apoiadores do presidente Donald Trump partiram para Washington DC, na esperança de assistir a posse histórica. Em vez disso, muitos foram forçados a lidar com vândalos violentos espalhando caos pelas ruas.

Pelo menos 200 indivíduos foram presos durante atos de vandalismo, inclusive alguns que alegavam ser jornalistas.

Nessa segunda (20), Michelle Machio, Jennifer Armento, Christina Simmons, Alexi Wood, Oliver Harris e Brittne Lawson, foram os seis primeiros membros da organização de extrema-esquerda, ANTIFA, a encarar a justiça norte-americana.

Cada um deles está enfrentando acusações criminais por incitação de revolta e destruição de propriedade. As penas podem chegar até uma década de encarceramento.

Com informações de: (1)

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter