Como se proteger da clonagem do WhatsApp?

Idiomas:

Português   English   Español
Como se proteger da clonagem do WhatsApp?
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Além dos já conhecidos golpes no WhatsApp, há uma trapaça mais complexa circulando pelo aplicativo de mensagens mais utilizado no Brasil, a clonagem de contas.


O golpe é bem mais engenhoso que repassar um link malicioso via grupo.

Após obter os dados pessoais de um usuário, o criminoso liga para uma companhia telefônica se passando pelo cliente e habilita um novo chip de celular com o mesmo número. Tendo o mesmo número da vítima o criminoso entra em contato com algum dos amigos ou parentes da vítima e pede dinheiro.

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Frebraban), o golpe é de conhecimento dos bancos. Cada um deles segue uma política de ressarcimento.

Como evitar que seu WhatsApp seja clonado?

A principal forma de evitar a clonagem de contas, através de um próprio recurso de segurança disponível no próprio WhatsApp, é a verificação em duas etapas.

O próprio aplicativo WhatsApp explica em seu site oficial.

Ao ativar a verificação em duas etapas qualquer tentativa de verificação do seu número de telefone no WhatsApp terá de ser acompanhada por um PIN de seis dígitos criado por você através deste recurso.

Para ativar siga os seguintes passos: Configurações > Conta > Verificação em duas etapas > Ativar

Após ativar o recurso, você terá a opção de inserir seu endereço de e-mail.

Este endereço de e-mail será utilizado para que o WhatsApp possa lhe enviar um link para desativar a verificação em duas etapas caso você esqueça o PIN e também para ajudar a proteger a sua conta.

O site “Hardware” citou outras dicas de segurança para evitar problemas com seu WhatsApp:

  • Não confie em tudo que é repassado via WhatsApp; em muitos casos são links que o intuito será obter suas informações pessoais;
  • Desconfie de ligações ou mensagens inesperadas que o teor do assunto envolva alguma premiação ou um certo terror psicológico. Casos de sequestros falsos de amigos ou parentes comunicados via ligações ainda são bem comuns
  • Caso desconfie que foi vítima de uma clonagem, registre boletim de ocorrência na delegacia mais próxima, e ligue para a operadora e bloqueie do número.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...