Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Computadores do governo sofrem mais de um ataque por hora

Computadores do governo sofrem mais de um ataque por hora
COMPARTILHE

O alerta sobre a fragilidade da segurança e da defesa cibernética no Brasil foi ativado após o caso envolvendo Moro.

Dados do governo federal informam que o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência detectou 20,5 mil notificações de incidentes computacionais em órgãos do governo no ano de 2018.

Deste total, quase 10 mil foram confirmados, o que dá uma média de mais de um por hora. Desde 2014, o número não fica abaixo de 9 mil, informa O Globo.

Políticos e servidores públicos que lidam com informações críticas e sigilosas são o elo mais fraco e vulnerável para possíveis ataques, inclusive de países estrangeiros, capazes de afetar a segurança nacional.

No levantamento do GSI, o caso mais comum é a adulteração de sites públicos por hackers, com destaque para a desfiguração de portais. 26% dos ataques estão incluídos nesta categoria.

O segundo tipo de crime mais frequente são vazamentos de dados, com 20%. Fraudes são 16% e a indisponibilidade de sites, 14%.

Ainda segundo informações do último estudo do GSI, entre os estados com o maior número de notificações de ataques a órgãos da administração federal estão São Paulo, Goiás, Minas Gerais e Ceará — o Rio aparece em 17º lugar.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE