Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Concursos públicos selecionam esquerdistas, diz Weintraub

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Weintraub pede cuidado aos estudantes com fake news sobre Enem
COMPARTILHE

Ao compartilhar vídeo com a declaração de Weintraub, o presidente Bolsonaro escreveu: “Doutrinação e mentiras até nos concursos”.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que os concursos públicos selecionam pessoas com viés de esquerda. 

Em vídeo publicado no Facebook, neste domingo (12), pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, o titular do MEC afirma:

“Entre na internet e veja como foi o último concurso público da Abin (Agência Brasileira de Inteligência). Se você ver, é um concurso que [não] tem praticamente nada de matemática e está lá falando de governo estadunidense. Então você, na seleção, já seleciona pessoas com viés de esquerda nos concursos, como é o Enem.”

Na peça de um minuto, Weintraub ainda afirmou que o ministério da Educação concentra 300 mil dos 600 mil funcionários do governo federal e que é importante dizer como são os concursos públicos.

Weintraub também sustenta que a suposta doutrinação ideológica nos concursos começou com o governo do tucano Fernando Henrique Cardoso (1995-2002):

“A gente não tá falando de dezesseis anos de PT, a gente tá falando de mais de um quarto de século. De continuamente uma doutrinação que começa de uma forma suave e gradualmente você vai começando a achar o errado normal. E de repente você tem que achar o errado bonito. É disso que a gente está falando.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram