Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Condenação à morte de ex-presidente do Paquistão é anulada

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Condenação à morte de ex-presidente do Paquistão é anulada
Imagem: Reprodução/SkyNews

Tribunal do país definiu a pena como inconstitucional. Musharraf tem um conturbado passado político no Paquistão.

A justiça do Paquistão anulou, nesta segunda-feira (13), a sentença de morte por alta traição do ex-presidente do país Pervez Musharraf (2001-2008), 76 anos.

A anulação acontece após o Supremo Tribunal de Lahore ter definido como inconstitucional o Tribunal Especial de Islamabad, que condenou Musharraf  à morte no dia 17 de dezembro.

O ex-líder paquistanês foi considerado culpado por traição por ter decretado estado de emergência no país em 2007, suspendendo direitos constitucionais, colocando as Forças Armadas nas ruas e prendendo o então presidente do Parlamento.

O processo foi aberto depois que Nawaz Sharif alcançou o cargo de primeiro-ministro do Paquistão em 2013. 

Sharif era um antigo inimigo político de Musharraf, principalmente depois que foi deposto pelo golpe de estado de 1999, quando o ex-presidente chegou ao poder.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email