Condenados no Mensalão beneficiados por indulto de Temer

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Indulto assinado por Temer está colocando condenados no Mensalão em liberdade.

O indulto natalino assinado pelo ex-presidente Michel Temer (MDB) — ainda em 2017 — está beneficiando, atualmente, réus condenados no processo do Mensalão.

É o caso dos ex-dirigentes do Banco Rural, Kátia Rabello e José Roberto Salgado, e do publicitário Ramon Hollerbach Cardoso, ex-sócio do operador do esquema, Marcos Valério.

Os três, que cumpriam pena em liberdade, obtiveram, do Supremo Tribunal Federal (STF), tiveram suas penas perdoadas, ou seja, não podem mais ser punidos pela participação no esquema de suborno liderado pelo governo do ex-presidente Lula da Silva (PT).

O perdão tem origem no indulto de Temer. O decreto previa que a dispensa de cumprir penas seria estendido às pessoas que, até 25 de dezembro de 2017, tivessem cumprido um quinto da pena por crimes praticados sem grave ameaça ou violência, informa o jornal Estadão.

A medida foi interpretada pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, como uma ameaça à Operação Lava Jato e a materialização do comportamento de que “o crime compensa”.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.