Condenados soltos por coronavírus voltam a cometer crimes

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Benefício da prisão domiciliar foi concedido a condenados que fazem parte do grupo de risco da Covid-19. 

Condenados que ganharam o benefício de ficar em casa por fazerem parte do grupo de risco do novo coronavírus voltaram a cometer crimes.

Numa operação em Passo Fundo, no norte do Rio Grande do Sul, policiais foram até as casas de 148 presos que tiveram direito à prisão domiciliar: 26 deles não estavam em casa. Outros deram endereço falsos.

A prisão domiciliar foi concedida a quase 1,9 mil presos em meio à pandemia do Covid-19

Em poucos dias, segundo fontes da polícia ouvidas pelo Jornal Nacional, presos que foram soltos voltaram a cometer crimes como assalto e tráfico de drogas.

O delegado Fábio Motta Lopes, subchefe da Polícia Civil, explicou que “esses presos já voltaram para a cadeia”:

“Uma amostragem que foi feita, uma análise durante seis dias: durante esse período de tempo, nós temos 12 indivíduos que voltaram a delinquir depois que foram soltos em razão da pandemia.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.