PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Confederação Israelita repudia declarações de Ciro contra judeus

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Para a Conib, Ciro fez “acusações genéricas e sem comprovação alguma contra judeus”. 

A Confederação Israelita do Brasil (Conib) condenou as declarações proferidas pelo ex-ministro Ciro Gomes nesta segunda-feira (7).

Em publicação na rede social Facebook, Ciro chamou empresas de Israel de “corruptas” e as relacionou ao suposto caixa 2 do Partido Social Liberal (PSL) na campanha eleitoral de 2018.

“Em mais uma manifestação preconceituosa, o ex-governador Ciro Gomes decidiu acusar ‘empresas corruptas’ de Israel por suposto financiamento ilegal da campanha do presidente Jair Bolsonaro”, reclamou Fernando Lottenberg, presidente da confederação, segundo o site Poder360.

Na nota desta segunda-feira, a Conib afirma que Ciro “já passou do limite” e pediu comprovação de suas acusações:

“Impressiona a recorrência de Ciro Gomes nesse tipo de afirmação quando se trata de Israel e da comunidade judaica brasileira. Mas tudo tem limite. E o ex-ministro já passou desse limite. Sugerimos a ele que diga quais são essas empresas e pessoas e apresente comprovação de suas acusações. Acusações abstratas e genéricas provam apenas a postura preconceituosa de Ciro e deslegitimam o pedido de desculpas que ele fez recentemente após suas declarações antissemitas”, diz o texto.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.