Confiança do consumidor dos EUA alcança maior nível em 18 anos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A desaceleração das importações, motivada pelas taxas impostas por Donald Trump a produtos estrangeiros, e o aumento dos gastos públicos, que estimulam o consumo, influenciaram no último resultado econômico dos Estados Unidos.

Os dados econômicos reajustados divulgados nesta quarta-feira (29) são os melhores desde o terceiro trimestre de 2014, quando a economia dos Estados Unidos registrou alta de 4,3%.

O corte de impostos de US$ 1,5 trilhão, feito pelo governo de Donald Trump no final do ano passado também é apontado como fator importante para o crescimento, já que permitiu que mais dinheiro fosse utilizado para o consumo, que responde por 70% do PIB norte-americano.

Através do seu perfil pessoal no Twitter, Trump celebrou o resultado.

“Confiança do consumidor no maior nível dos últimos 18 anos! E o PIB revisado de 4,1 para 4,2%. O nosso país está indo muito bem”, escreveu o presidente norte-americano.

 

Adaptado da fonte Isto É

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.