Confrontos em protestos no Líbano deixam 377 feridos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A violência começou em frente a uma das principais portas do parlamento, no centro de Beirute.

Um total de 337 pessoas ficaram feridas em confrontos entre manifestantes e policiais em Beirute, capital do Líbano, no último sábado (18).

O nível de violência é inédito desde o início da série de protestos contra o governo do Líbano, país mergulhado em uma crise socioeconômica e política.

Os manifestantes lançaram novos chamados para uma mobilização neste domingo (19) perto do parlamento, próximo à Praça dos Mártires, epicentro dos protestos, que começaram em 17 de outubro, informa a agência AFP.

Os feridos, entre manifestantes e policiais, foram atendidos no local ou levados para hospitais, segundo dados da Cruz Vermelha e da Defesa Civil libanesas.

As manifestações ganharam força nas últimas semanas, devido à piora da situação socioeconômica e pela incapacidade das autoridades de formar um governo mais de dois meses depois da demissão do premier Rafic Hariri.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.