Português   English   Español
Português   English   Español

Congresso do Peru pode ser dissolvido por projeto anticorrupção

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Congresso do Peru pode ser dissolvido por projeto anticorrupção

O resultado do novo episódio de tensão entre o Congresso, controlado pela oposição, e o presidente Vizcarra, que não tem partido e bancada parlamentar, é incerto.

Em caso de rejeição, a moção de confiança solicitada pelo governo do Peru para aprovar as reformas anticorrupção pode desencadear a dissolução constitucional do Legislativo e a renúncia do gabinete.

O presidente do conselho de ministros do Peru, Salvador del Solar, apresenta, nesta terça-feira (4), ao Congresso o pedido apresentado pelo presidente Martín Vizcarra.

Durante a sessão, segundo o Estadão, o chefe de gabinete explicará a questão da moção de confiança apresentada em 27 de maio e insistirá que “a vontade do governo é aprovar a essência de cinco reformas” antes do fim da legislatura, dentro de duas semanas.

Vizcarra está otimista e espera receber o apoio do Congresso, apesar da maioria do partido fujimorista que não hesitou em desafiar o presidente em outras ocasiões.

A questão fundamental é que o resultado da votação pode encerrar o mandato dos 130 parlamentares, se a moção não for aprovada.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!