Congresso Mundial Judaico elogia Trump por embaixada para Jerusalém

O presidente do Congresso Mundial Judaico, Ronald Lauder, elogiou nesta segunda-feira (14) o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pela decisão de mudar a embaixada americana em Israel para seu “lugar natural”, Jerusalém.

Lauder agradeceu ao presidente dos Estados Unidos por ter demostrado mais uma vez seu irrestrito apoio a Israel ao reconhecer Jerusalém como a “legítima” capital do país.

A decisão provocou uma onda de protestos convocados pelo grupo terrorista Hamas na Faixa de Gaza. 52 pessoas morreram nos confrontos e outras 2 mil ficaram feridas.

De acordo com informações do BOL:

O presidente do Congresso Mundial Judeu classificou a mudança como um “momento crucial na história” e elogiou a “forte mensagem” que os EUA estão enviando à comunidade internacional ao reconhecer a “indiscutível conexão” entre o povo judeu e Jerusalém.

“Este é um precedente digno de ser emoldurado, e esperamos que mais aliados de Israel sigam seus passos. Agradeço, presidente Trump”, concluiu Lauder em carta.

O Congresso Mundial Judeu, com sede em Nova York, representa as comunidades judaicas de 100 países perante governos, parlamentos e organizações internacionais.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

1 Comentário

  1. Michel Farhud disse:

    Nenhum político norte americano consegue se eleger sem o apoio financeiro e da mídia controlada pelos judeus…isso explica porque os Estados Unidos apoiam irrestritamente as atrocidades cometidas diariamete por Israel, mesmo contra os reais interesses dos americanos !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *